Get Adobe Flash player

O presente trabalho é um estudo quási-experimental que se propõe medir a eficácia do Treino de Competências de Inteligência Emocional do "Clube de Inteligência Emocional" da Escola EB 2.3. de São João da Madeira, cujo objetivo foi a observação da interação entre Inteligência Emocional, Perturbação do Comportamento e Sucesso Escolar.


Os métodos utilizados consistiram na aplicação de instrumentos que decorreram em duas fases:

a 1.ª fase no mês de Novembro de 2006 (momento antes),

a 2.ª fase no mês de Maio de 2007 (momento depois).

Para medir o Nível de Inteligência Emocional foi administrado aos alunos do Clube e aos alunos que o não frequentavam o Emotional Competence Inventory – University Edition (ECI-U) Versão Modificada.

Com o objetivo de medir a Perturbação do Comportamento, administrámos um questionário com uma escala visuo-analógica aos diretores de turma, para que avaliassem esses alunos.

Por fim, para a determinação do Sucesso Escolar, calculámos a média das classificações dos 1.º e 2.º períodos do ano lectivo.

A amostra foi constituída por 103 alunos da Escola EB 2.3. de S. João da Madeira com idades que variam entre os 9 e 13 anos, divididos em dois grupos: grupo experimental (35 alunos que frequentaram o referido clube) e grupo de controlo (68 alunos que não frequentaram o clube).

Determinámos frequências, percentagens, médias, medianas, desvios-padrão, alfas de Cronbach, matrizes de correlações, testes t para amostras independentes e para medidas repetidas, testes não paramétricos U de Mann-Whitey e Z de Wilcoxon, bem como uma MANOVA e ainda análise de conteúdo.

Os resultados da análise estatística permitiram-nos verificar que houve diferenças estatisticamente significativas (U= 9,0; p= .021) entre os dois grupos, sendo que os alunos que frequentaram o Clube apresentaram maior Nível de Inteligência Emocional do que os que não frequentaram ( Md= 4,27 e 3,95 respetivamente).

Observámos ainda que a diminuição da Perturbação do Comportamento é estatisticamente significativa (t= 3,805; gl= 29; p= .001); verificámos também que quanto maior é o Sucesso Escolar dos alunos do clube, maior é a descida na Mudança dos Comportamentos de Oposição (às normas e à disciplina) (r=-0,41; p=.023), bem como no Total (Perturbação Geral) (r=-0,364; p=.048).

Por fim foi possível observar diferenças estatisticamente significativas no Sucesso Escolar entre os dois momentos para os mesmos alunos (Z=-3.301; p=.001).

Desta forma, podemos concluir que há grande probabilidade de o Treino de Competências de Inteligência Emocional ministrado no "Clube de Inteligência Emocional" ser eficaz.

Autor: Ramos, Isabel Cristina Bola,

Orientador: Silva, Carlos Fernandes da

Departamento de Ciências e Educação, Universidade de Aveiro - 2007

A Dissertação de Mestrado está disponível on-line na Biblioteca da Universidade de Aveiro (pode também descarregar o documento nos anexos) em

http://biblioteca.sinbad.ua.pt/teses/2007001115